Arthur Stanley Eddington - BioMania
DVD Atividades práticas
DVD práticas em sala de aula - Práticas de Biologia e Ciências
www.biocompras.com.br

Menu
Busca



Newsletter

Cadastre-se e recebe novidades do BioMania no seu e-mail!


DVDs Slides Premium - 8.000 slides - Ciências e Biologia
De: R$ 239,00 Por: R$ 59,00
Economia: 75% Off

Lanterna Led Tática Recarregável Cree Q5 com zoom + Bateria + Carregador
De: R$ 129,00 Por: R$ 69,00
Economia: 47% Off

Série Slides Prêmium - Química
De: R$ 99,00 Por: R$ 39,00
Economia: 61% Off


   Biografias


ARTHUR STANLEY EDDINGTON


Considerado o pai da dinâmica estelar, Eddington dedicou a maior parte da vida à astrofísica, e sua obra abriu muitas linhas de pesquisa científica.
Astrônomo e físico inglês, Sir Arthur Stanley Eddington nasceu em Kendal, Westmorland, Reino Unido, em 28 de dezembro de 1882. Estudou no Owens College, de Manchester, e no Trinity College, de Cambridge. De 1906 a 1913 foi assistente-chefe do Observatório de Greenwich. Substituiu nesse mesmo ano Sir George Darwin na cadeira de astronomia de Cambridge e, no ano seguinte, foi nomeado diretor do observatório da universidade. Interessado pelas idéias expostas por Einstein em sua teoria geral da relatividade, comprovou experimentalmente algumas de suas previsões, tornando-se o primeiro divulgador da tese relativista em língua inglesa.
Em 1919, o dinamarquês Ejnar Hertzprung postulou uma relação entre a massa e a luminosidade das estrelas. Cinco anos depois, baseado em suas próprias investigações sobre o equilíbrio radioativo dos corpos celestes, Eddington estabeleceu uma relação teórica massa-luminosidade, de extraordinário relevo para o conhecimento das estrelas anãs, sobretudo as anãs brancas. Por ocasião do eclipse total do Sol de 1919, Eddington notou que as estrelas, observadas por trás do disco solar eclipsado, apresentavam pequenos deslocamentos em relação ao centro do disco. Tal fenômeno, ainda não verificado pelos astrônomos, confirmou suas concepções teóricas baseadas na teoria da relatividade.
Eddington publicou numerosas obras sobre astrofísica e filosofia da ciência, como Space, Time and Gravitation (1920; Espaço, tempo e gravitação); The Mathematical Theory of Relativity (1923; Teoria matemática da relatividade), The Internal Constitution of Stars (1926; A constituição interna das estrelas). Eddington morreu em Cambridge, em 22 de novembro de 1944.





Os animais mais estranhos do planeta

O Tatu-fada Rosa é o menor dentre toda a espécie de tatus. Ele pode ser encontrado principalmente na Argentina, onde habita os campos mais secos e as planícies arenosas com arbustos de espinhos e cactus.

O tatu-fada rosa mede aproximadamente entre ...




[ Mandar esta matéria para um amigo ]
 
Disciplinas
Aeronáutica e astronáutica 
Anatomia Humana 
Artrópodes 
Astronomia 
Biofísica 
Biografias 
Bioquímica 
Botânica 
Citologia 
Dinâmicas 
Ecologia 
Embriologia 
Evolução 
Fisiologia 
Fisiologia Vegetal 
Frutas Comestiveis 
Genética 
Geografia Fisica 
Geologia 
Histologia 
Ictiologia 
Imunologia 
Invertebrados 
Meio Ambiente 
Microbiologia 
Patologias 
Reproduçao 
Taxonomia 
Vertebrados 
Zoologia 
 
© 1999/2014 - BioMania- Todos os direitos reservados